Junte uma médica homeopata, um mestre zen-budista e uma artista plástica. O resultado é o livro A bula da vida, da editora Gutenberg, que será lançado no dia 29 de outubro, a partir das 19h30m, no projeto  "Sempre um Papo", no Centro de Convenções do Hospital Mater Dei. Sem efeitos colaterais, A bula da vida, de autoria de Acely Hovelacque é escrito em forma de fábula e mostra os ensinamentos que ela recebeu ao longo de sua formação, tanto da medicina tradicional, cujo mestre foi o médico Célio de Castro, quanto do monge budista Ryotan Tokuda, com quem aprendeu os benefícios da meditação no processo de cura do ser. 

Para ilustrar o livro, ela convidou a artista plástica Juçara Costa, sua paciente há mais de 30 anos. A arte de Juçara Costa deu asas ao texto de Acely. Com pincéis, Juçara coloriu a vida que não tem bula, receita nem contra-indicações. “Para mim, Acely sempre foi uma médica diferente. Desde a primeira consulta me impressionei com a profundidade dela para entender o meu lado transpessoal. Não são simples consultas, mas um mergulho no corpo, na mente, no espírito e nas emoções do paciente para entender a saúde como um todo.” 

Em perfeita sintonia, Acely e Juçara – médica e paciente – trabalharam juntas neste livro que vai revirar antigos conceitos de medicina, em busca de um medicamento magistral, de uso livre e total, sem prescrição médica, que deve ser colocado ao alcance de todos. Para Acely, “a arte de Juçara teve o poder de despertar os personagens do livro, oferecendo pontes entre medicação e meditação.” 

A bula da vida teve a participação da designer Clara Gontijo, que costurou e bordou o texto de Acely, as 77 pinturas de Juçara, em 148 páginas, de forma lúdica e ao mesmo tempo refinada. Um presente para os leitores, que também vão se admirar com a roupa que Acely Hovelacque vai usar no lançamento do dia 29. A autora estará vestida com a capa do livro, que Juçara Costa transformou em um belo vestido. Digno dessa parceria. 

Quem se encantar com o vestido de Acely, pode ficar tranqüila, pois Juçara Costa estará lançando até o fim do ano uma coleção de roupas com as pinturas dela, que saem das paredes das casas e galerias para desfilar no corpo das pessoas. 

Este é um momento especial na vida de Juçara Costa, que depois de perder o irmão em 2012, em um acidente de avião, ainda está enxugando as lágrimas, mas sente que é hora de parar. Juçara vai atender aos desejos do irmão que torcia para que ela fosse feliz como mulher e realizada como artista. Pois Juçara está cumprindo, Domingos Costa! Continue a torcer e a inspirar a sua irmã, aqui na Terra como no Céu.

Categories:

Leave a Reply